La Paz, 14 set (EFE) - O embaixador dos Estados Unidos em La Paz, Philip Goldberg, se despediu hoje da Bolívia após ser declarado persona non grata pelo presidente boliviano, Evo Morales, com a advertência de que sua expulsão pode ter sérios efeitos.

Em sua última declaração à imprensa boliviana, Goldberg disse que a decisão de Morales era "um grave erro" e afirmou que as acusações de conspiração lançadas pelo presidente boliviano contra os Estados Unidos e contra si são "infâmias completamente falsas e injustificadas". EFE lav/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.