Embaixador boliviano diz haver tentativa autonomista em outros países

Quito, 5 mai (EFE) - O embaixador da Bolívia no Equador, Javier Zarate, considerou hoje preocupantes as tentativas de autonomia em diversos países, como a que ocorre no departamento de Santa Cruz, onde neste domingo foi realizado um referendo. O diplomata lembrou que na província equatoriana de Guayas, cuja capital é Guayaquil, nó econômico do Equador, um setor também apóia a autonomia. É preocupante porque estão querendo tornar similares situações que acontecem na Bolívia. Em um momento em que a América Latina e o mundo estão buscando a integração, não podemos crer nem entender como há setores, regiões, que querem o desmembramento, separação, desintegração, disse Zarate ao canal Ecuavisa.

EFE |

O embaixador afirmou que soube, através da imprensa, que houve reuniões entre representantes de Santa Cruz e de Guayaquil em 2007 e 2006, relacionadas com o tema das autonomias.

Ele disse desconhecer os nomes das pessoas que participaram das reuniões na qual, insistiu, houve representantes de "Santa Cruz, Guayaquil" e de outros países, os quais não especificou.

No sábado passado, o presidente do Equador, Rafael Correa, advertiu de tentativas separatistas na Bolívia ao falar sobre o referendo em Santa Cruz, o que, segundo ele, não é um fato isolado na região.

Na quinta-feira passada, a Assembléia Constituinte do Equador aprovou um acordo no qual alerta para supostas tentativas separatistas por trás do referendo de Santa Cruz. EFE sm/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG