Embaixada francesa no Iêmen fechou, mas não interrompeu atividade

Paris, 6 jan (EFE).- A Embaixada da França em Sana nunca interrompeu suas atividades, embora estivesse fechada ao público, diante da ameaça de possíveis ataques terroristas, afirmou hoje um porta-voz do Ministério de Assuntos Exteriores francês.

EFE |

"A decisão que tomamos é a de voltar a abri-la ao público", acrescentou a mesma fonte, que precisou que a França continua "acompanhando atentamente a evolução da situação de segurança".

Além disso, a embaixada mantém as recomendações de "prudência e vigilância" para os residentes franceses no Iêmen, e agradeceu às autoridades iemenitas pela colaboração e apoio prestados.

As embaixadas dos Estados Unidos, Reino Unido e França no Iêmen reabriram ontem suas portas, após dois dias de fechamento, devido ao temor de um eventual atentado da Al Qaeda na Península Arábica. EFE jaf/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG