Embaixada dos EUA em Bogotá é alvo de protestos contra acordo militar

Bogotá, 10 set (EFE).- Cerca de 50 pessoas se reuniram hoje em frente à embaixada dos Estados Unidos em Bogotá para protestar contra o acordo pelo qual tropas americanos poderão utilizar bases militares colombianas.

EFE |

A concentração foi convocada pela Central Unitária de Trabalhadores colombiana (CUT) e por outras organizações sociais, sindicais e políticas "em defesa da soberania nacional e contra as bases norte-americanas na Colômbia".

O militante do partido de esquerda Polo Democrático Alternativo (PDA) Gabriel Maure disse à Agência Efe que "a ideia é conscientizar o país do que significa a instalação de forças estrangeiras em território colombiano".

"Nos opomos radicalmente à instalação dessas bases porque atentam contra a segurança do país, a democracia, a soberania nacional e a unidade da América Latina", disse Maure.

O militante pediu que o presidente colombiano, Álvaro Uribe, deixe o cargo e permita que os colombianos "façam de sua pátria uma pátria soberana".

Ontem, um protesto com a mesma motivação na Universidade Nacional de Bogotá terminou com a detenção de vários estudantes.

O acordo entre Colômbia e Estados Unidos ainda não foi assinado, mas já foi confirmado por ambos os países. EFE apa/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG