SÃO PAULO - A visita do presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, ao Brasil nesta quarta-feira, dia 6 de maio, não foi adiada, de acordo com a Embaixada do Irã no Brasil. A agência iraniana Press TV noticiou nesta segunda-feira, citando a agência Fars, que a viagem havia sido adiada.

A previsão era de que Ahmadinejad deixasse Teerã nesta segunda-feira para visitas oficiais a Brasil, Equador e Venezuela.

De acordo com a Agência Estado, o anúncio poderia estar relacionado ao fato de Ahmadinejad buscar a reeleição na presidência. Segundo a Press TV, especula-se no país que todos os partidos que desejam participar da eleição de 12 de junho devem se registrar oficialmente entre 5 e 10 de maio.

Governo brasileiro

Questionado sobre os boatos do cancelamento da visita, o Ministério das Relações Exteriores afirmou não ter recebido informações oficiais sobre o suposto adiamento da viagem. Os assessores do Itamaraty informaram que não houve nenhum comunicado oficial e que o governo brasileiro soube sobre a notícia do cancelamento pela agência oficial do governo iraniano.

O ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, não se pronunciou sobre se o presidente do Irã viria ou não ao Brasil, no entanto a Embaixada do Irã confirma a visita e diz que os preparativos para o recebimento de Ahmadinejad estão em andamento.

Leia também:


Leia mais sobre Irã

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.