Publicidade
Publicidade - Super banner
Mundo
enhanced by Google
 

Embaixada chinesa na Suíça se nega a receber pedido da Anistia Internacional

Genebra, 29 abr (EFE).- A embaixada da China na Suíça se negou hoje a receber uma delegação da Anistia Internacional (AI) que pretendia entregar um pedido assinado por cerca de 25 mil pessoas reivindicando que o país melhore os direitos humanos antes dos Jogos Olímpicos de 2008.

EFE |

A representação diplomática chinesa se negou a abrir as portas e os membros da organização de direitos humanos optaram por deixar diante da sede da instituição as caixas com as assinaturas recolhidas com o pedido "Pequim 2008: um pódio para os direitos humanos".

"Estamos muito decepcionados pelo fato de a embaixada chinesa ter rejeitado o diálogo", declarou Daniel Bolomey, secretário-geral da seção suíça da AI .

Segundo ele, a AI vai insistir para entregar à legação diplomática seu pedido e conseguir ser recebida pelo embaixador chinês.

"A AI tinha a intenção de lembrar à embaixada chinesa sobres promessas de melhorar os direitos humanos feitas quando foi dada à China a incumbência de organizar os jogos", concluiu Bolomey. EFE vh/rr/fal

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG