Nenhum navio militar americano se dirige para o porto georgiano de Poti (oeste), onde estão posicionadas as tropas russas, informou um funcionário da embaixada dos Estados Unidos em Tbilisi, contradizendo informações que haviam sido divulgadas anteriormente.

"Hoje não temos conhecimento de nenhum projeto de que que navios estejam seguindo para Poti", declarou a fonte, que pediu anonimato.

Na terça-feira, o porta-voz da embaixada americana em Tbilisi anunciou que o destróier "USS Mc Faul" e o guarda-costas "Dallas" eram esperados nesta quarta-feira em Poti para entregar ajuda humanitária.

O "USS Mc Faul" chegou no domingo a Batumi, porto do sudoeste da Geórgia, de onde partiu na terça-feira.

O presidente russo, Dmitri Medvedev, comentou com ironia na terça-feira a situação do porto de Poti.

"Não o controlamos, não o bloqueamos, tuto isto são bobagens", disse Medvedev.

"No porto de Poti, mercadorias são descarregadas. Os navios americanos vêm, abastecem os georgianos com armas, está tudo bem. Eles fazem o que querem", completou.

mm-neo/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.