Em nota, presidenta Dilma pede esforços renovados pelo Haiti

Líder brasileira faz apelo por ocasião do aniversário de um ano do terremoto, que deixou entre 250 mil e 300 mil mortos no país

iG São Paulo |

A presidenta do Brasil, Dilma Rousseff, conclamou nesta terça-feira a comunidade internacional a fazer um esforço renovado pela recuperação do Haiti, "que ainda vive uma situação de extrema gravidade". O pedido foi feito em nota por ocasião do aniversário de um ano do terremoto de 7 graus, que deixou entre 250 mil e 300 mil mortos e 1,5 milhão de desabrigados na região da capital do país, Porto Príncipe.

AP
Haitiano é visto em meio às ruínas da Catedral de Nossa Senhora de Assunção, frequentemente chamada de Catedral de Porto Príncipe (11/01/2011)
Na declaração, Dilma também relebra o trabalho dos soldados brasileiros na Missão de Estabilização das Nações Unidas no Haiti (Minustah, na sigla em francês). "Quero enaltecer o trabalho dos nossos soldados que participaram da Minustah, lutando incansavelmente para a estabilização e colaborando para a recuperação da infraestrutura do país", disse. O Brasil lidera a Missão das Forças de Paz no país.

A presidente também presta homenagem aos 18 militares brasileiros, à médica e humanista Zilda Arns e ao Representante Adjunto da ONU para o Haiti, Luiz Carlos da Costa, "que estavam em missão de solidariedade e lamentavelmente perderam a vida durante o terremoto".

A líder brasileira termina a declaração reafirmando o compromisso brasileiro no país. "Reafirmo nossa determinação de ajudar na reconstrução desse país, cujo povo não se rende diante das adversidades e tem dado provas de grande coragem e vontade de viver. O Brasil e a Minustah vão perseverar, pois sabemos que os haitianos não desistirão", afirmou.

Em declaração paralela, o Ministério de Relações Exteriores do Brasil relembra que o País tem participado das atividades da Comissão Interina para a Reconstrução do Haiti, encarregada de coordenar a ajuda internacional ao país, e diz que o País continuará intensificando a assistência humanitária ao Haiti e apoiando os esforços de reconstrução.

Segundo o Itamaraty, até o momento o Brasil enviou aproximadamente 80% dos US$ 172 milhões de sua promessa de contribuição ao país, referente aos anos de 2010 e 2011, anunciada na Conferência Internacional de Doadores para o Haiti , realizada em Nova York, em 31 de março de 2010.

    Leia tudo sobre: haitibrasildilma rousseffonuitamaraty

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG