Em encontro e ligação telefônica, Lula pede moderação a Chávez na Unasul

BARILOCHE - O presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, e o chefe de Estado venezuelano, Hugo Chávez, terão uma série de de reuniões bilaterais durante a cúpula da Unasul, em Bariloche, onde Lula deve pedir moderação ao presidente da Venezuela.

Redação com agências internacionais |

Antes do começo da cúpula, Lula e Chávez, que na quinta-feira falaram por telefone sobre o polêmico acordo entre Colômbia e Estados Unidos, razão da reunião extraordinária da Unasul, participarão de um café-da-manhã em que o brasileiro deve pedir ao venezuelano menos críticas a Bogotá.

A preocupação do presidente brasileiro é de que Chávez transforme a cúpula em um palco de batalha contra Uribe e o governo dos Estados Unidos por causa da cessão de uso de bases colombianas aos norte-americanos.

Ontem, ainda em Brasília, Lula telefonou para Chávez, em Caracas, e pediu cautela nas discussões com Uribe. Fontes oficiais explicaram que "o objetivo de Lula é de aproximar posições entre Brasil e Venezuela, e evitar o aumento de tensões entre os países vizinhos".

Lula lidera os esforços para reduzir as tensões criadas pelo acordo, que prevê o direito do uso de pelo menos sete bases colombianas por militares norte-americanos.

Cúpula focada em acordo militar

A União de Nações Sul-americanas (Unasul) realiza nesta quarta-feira uma reunião especial para discutir o acordo militar entre Colômbia e Estados Unidos, motivo de divergência na região e responsável por impedir um pronunciamento conjunto na cúpula passada.

O acordo para que os EUA utilizem até sete bases colombianas foi recebido com respeito, mas também com preocupação por Brasil, Argentina, Chile, Paraguai e Uruguai, foi apoiado pelo Peru e enfrenta oposição firme de Venezuela, Equador e Bolívia.

Será a segunda reunião de chefes de Estado já feita em Bariloche, principal centro turístico de inverno na Argentina, 1.650 quilômetros ao sul de Buenos Aires, que já havia recebido a Cúpula Ibero-Americana de 1995.

A Unasul substituiu, em março de 2008, a Comunidade Sul-Americana de Nações (CSN), criada em 8 de dezembro de 2004 no Peru por todos os países da América do Sul.

* Com EFE, Reuters e informações da Agência Estado

Leia mais sobre Unasul

    Leia tudo sobre: hugo chávezlulaunasul

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG