Em discurso, Obama prometerá resgatar reputação dos EUA

Por John Whitesides DENVER (Reuters) - Barack Obama vai oficializar sua histórica candidatura pelo Partido Democrata, na quinta-feira, prometendo reverter os erros econômicos dos últimos oito anos, acabar a guerra do Iraque e restaurar a reputação dos Estados Unidos no exterior.

Reuters |

'Estamos aqui porque amamos este país demais para deixar que os próximos quatro anos simplesmente se pareçam com os oito últimos', diz Obama, formalizado como primeiro candidato negro de um grande partido dos EUA, em trechos do discurso a ser lido no encerramento da convenção nacional do Partido Democrata.

'Oito basta', diz ele, numa frase com jeito de slogan ('eight is enough').

Obama faz um ataque direto ao rival republicano, John McCain, e o vincula ao impopular presidente George W. Bush.

'Não venham me dizer que os democratas não vão defender este país. Não venham me dizer que os democratas não vão nos manter seguros. A política externa Bush-McCain desperdiçou o legado que gerações de norte-americanos, democratas e republicanos, construíram. E vamos restaurar esse legado.'

O maior discurso da carreira de Obama -- que é marcada por grandes discursos -- ocorrerá na noite de quinta-feira num estádio de futebol americano de Denver, diante de 75 mil espectadores. Coincide com o 45o aniversário do famoso discurso 'Eu Tenho um Sonho', de Martin Luther King, marco no movimento dos direitos civis dos EUA.

Transmitido pela TV, o discurso deve garantir a maior audiência para Obama (que foi formalmente indicado candidato na quarta-feira) até o primeiro dos três debates contra McCain, no final de setembro. A eleição ocorre em 4 de novembro.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG