Em Davos, presidente tcheco volta a negar existência da mudança climática

Davos (Suíça), 31 jan (EFE).- O presidente tcheco, Vaclav Klaus, cujo país preside a União Europeia durante este semestre, voltou hoje a expressar sua posição contrária à existência da mudança climática.

EFE |

"Não penso que haja uma mudança climática", declarou Klaus aos jornalistas em um hotel de Davos, onde acontece o Fórum Econômico Mundial.

"A militância ecológica e o alarmismo acerca da mudança climática desafiam nossa liberdade", assegurou.

Klaus também criticou o ex-vice-presidente dos Estados Unidos Al Gore, ativo combatente deste fenômeno e que participou do fórum.

"Al Gore não está disposto a ouvir teorias diferentes", afirmou o chefe de Estado tcheco.

O ex-vice-presidente americano disse ontem, numa das sessões do Fórum de Davos, que "a mudança climática já é uma emergência planetária que põe em risco os países em desenvolvimento mais do que as nações com maiores recursos".

Gore também pediu que a crise econômica mundial não faça os líderes políticos se esquecerem de tomar medidas contra a mudança climática. EFE vh/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG