Em busca do voto de centro, Lieberman descreve McCain como reformista

St Paul (EUA), 2 set (EFE).- O senador independente Joseph Lieberman tentou hoje convencer o eleitorado de centro ao descrever o candidato republicano John McCain como um político que seguiu seus princípios e que não duvidou no momento de se opor a seu próprio partido.

EFE |

"Vocês devem votar na pessoa que acreditam que seja a melhor para o país, e não no partido a qual ela pertença", disse Lieberman, que é amigo de McCain.

O senador enfatizou em seu discurso na Convenção Republicana a imagem de independente que McCain quer reforçar em um ano eleitoral no qual os analistas prevêem uma derrota republicana na legislatura.

Lieberman destacou que McCain "liderou o esforço para regular nosso sistema migratório e para fazer algo sobre a mudança climática", desafiando a oposição do Partido Republicano.

Suspeita-se que McCain queria Lieberman como seu candidato à Vice-Presidência, mas as bases conservadoras do partido se mostraram escandalizadas com essa possibilidade, principalmente por ele ser favorável ao aborto.

"O que faz um democrata como eu em uma Convenção Republicana como esta? Estou aqui para apoiar John McCain, porque o país é mais importante que o partido", afirmou.

Lieberman foi democrata por toda a sua vida, mas em 2006 perdeu as primárias de seu partido para o pleito legislativo no qual estava em jogo a cadeira que tinha no Senado, e por isso se candidatou como independente.

Na Câmara Alta, geralmente vota junto com os democratas, mas apoiou a política no Iraque defendida por McCain. EFE cma/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG