Em pânico, jovens se jogaram na água para fugir de atirador na Noruega

Sobreviventes em acampamento da ilha de Utoya se comunicaram com parentes por mensagens de texto de celular enquanto se escondiam

iG São Paulo | 22/07/2011 21:18

Texto:
enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios

Depois do ataque a bomba que aterrorizou a capital norueguesa, Oslo, nesta sexta-feira, um atirador trouxe pânico a um acampamento de jovens na ilha de Utoya, em Oslo. Imagens da TV da Noruega feitas por helicóptero mostraram pessoas nadando na costa da ilha, depois de terem se lançado às águas para escapar do atirador.

<span>Mulher é carregada por equipes de emergência em local de explosão em Oslo, Noruega</span> - <strong>Foto: AP</strong> <span>Explosão danifica prédio na capital da Noruega</span> - <strong>Foto: Reuters</strong> <span>Equipes atendem feridos em meio aos danos causados por explosão em Oslo</span> - <strong>Foto: AP</strong> <span>Homem ferido recebe atendimento após explosão em Oslo</span> - <strong>Foto: AP</strong> <span>Fumaça é vista saindo de prédio no centro de Oslo</span> - <strong>Foto: AP</strong> <span>Janelas danificadas são vistas em prédio próximo ao local da explosão na capital da Noruega</span> - <strong>Foto: AP</strong> <span>Mulher passa por rua cheia de destroços próxima ao local da explosão</span> - <strong>Foto: AP</strong> <span>Explosão danificou janelas de vários prédios no centro da capital norueguesa</span> - <strong>Foto: AP</strong> <span>Jovem recebe atendimento médico em rua de Oslo</span> - <strong>Foto: AFP</strong> <span>Carro destruído é visto no local da explosão no centro de Oslo</span> - <strong>Foto: AP</strong> <span>Pedestres observam danos em prédio do governo atingido por explosão</span> - <strong>Foto: AFP</strong> <span>Pedaços de vidro são visto em frente a prédio no centro de Oslo</span> - <strong>Foto: AFP</strong> <span>Fumaça é vista saindo de prédios no centro de Oslo</span> - <strong>Foto: AP</strong> <span>Vários prédios foram danificados por explosão em Oslo</span> - <strong>Foto: AP</strong> <span>Feridos recebem tratamento no local da explosão</span> - <strong>Foto: AP</strong> <span>Homem ajuda mulher ferida em explosão em Oslo</span> - <strong>Foto: AP</strong> <span>Bombeiros tentam apagar fogo em prédio atingido por explosão</span> - <strong>Foto: Reuters</strong> <span>Carro é danificado por explosão no centro da capital norueguesa</span> - <strong>Foto: AP</strong> <span>Vista aérea da ilha de Utoya, na Noruega, onde fica o acampamento atacado por um atirador nesta sexta-feira</span> - <strong>Foto: AP</strong>

Nesta sexta-feira, o ministro da Justiça norueguês, Knut Storberget, confirmou que o suspeito preso no acampamento é norueguês. Segundo a polícia, o atirador de 32 anos, que teria usado uma arma automática na ação, tem vínculos com a explosão em Oslo. Segundo o chefe de polícia interino Sveinung Sponheim, o homem foi visto na capital norueguesa antes da explosão. O atirador, de acordo com a mídia norueguesa, teria sido identificado como Anders Behring Breivik, um ativista da extrema direita.

Ao jornal norueguês Varden, o oficial Adrian Pracon, que estava presente no evento, disse que o clima na ilha era de “completo pânico” entre os cerca de 600 presentes no acampamento.

Uma participante do acampamento chamada Elise disse ter ficado em pânico ao ouvir os tiros, mas avistou um homem com um distintitivo da polícia e pensou estar salva. O homem, no entanto, começou a atirar contra todos à sua frente.

“Vi muitas pessoas mortas”, disse Elise, cujo pai, Vidar Myhre, pediu para que seu sobrenome não fosse revelado. “Ele primeiro tentou atirar em pessoas que estavam na ilha. Depois, começou a atirar em quem estava na água”, contou.

Elise disse ter se escondido atrás da mesma pedra em que o atirador teria ficado de pé. “Pude ouvir sua respiração do alto da pedra”, contou. Ela disse ser impossível dizer quantos minutos se passaram enquanto ela esperou ele parar.

Esconderijo no banheiro

Anita Bakaas, mãe de uma adolescente que sobreviveu ao ataque na ilha, contou à TV BBC World que sua filha se escondeu no banheiro com outras quatro garotas durante cerca de uma hora, de onde manteve contato através de mensagens de texto.

A garota contou à sua mãe que os tiros começaram depois de os presentes terem sido chamados para ouvir sobre o ataque a bomba em um prédio do governo em Oslo, horas mais cedo. Do banheiro onde estava escondida, contou sua mãe, a garota ouvia pessoas sendo mortas pelos tiros.

Emilie Bersaas, identificada pelo canal de TV Sky News como um dos jovens presentes na ilha, contou ter corrido para dentro do prédio da escola e se escondido sob uma cama quando o tiroteio começou. “Os tiros estavam acontecendo muito perto do prédio. Acredito que, na verdade, tenha chegado a atingir o prédio em algum momento, e as pessoas que se escondiam dentro de uma sala gritaram muito alto. Fiquei deitada sob a cama por duas horas até a polícia quebrar uma vidraça da janela e entrar”, contou Emilie. “Isso não é comum na Noruega. São coisas que a gente ouve falar que acontecem nos Estados Unidos”, desabafou ela.

Também presente entre os jovens do acampamento, Niclas Tokerud manteve contato com sua irmã através de mensagens de texto, nas quais relatou o ataque do atirador. “Ele me mandou uma mensagem de texto dizendo ‘Houve tiros. Estou assustado, mas estou escondido a salvo. Amo você’”, contou a designer Nadia Tokerud, de 25 anos. Depois que ter pego um barco para sair da ilha, ele enviou a mensagem “Estou a salvo”, contou sua irmã.

O politico sueco Ali Esbati, que também presenciou o ataque do atirador, disse em mensagens via Twitter que tentou ajudar duas crianças traumatizadas pelo ataque.

Foto: Arte/ iG

Capital Oslo e ilha de Utoya são alvos de atentados na Noruega

*Com BBC, AFP e AP

Texto:
enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG


Previsão do Tempo

Previsão Completa

 
  • Hoje
  • Amanhã

INDICADORES ECONÔMICOS

Câmbio

moeda compra venda var. %

Bolsa de Valores

indice data ultimo var. %
  • Fonte: Thomson Reuters
Ver de novo