Eleições parlamentares em Montenegro acontecem sem incidentes

Podgórica, 29 mar (EFE).- As eleições parlamentares antecipadas em Montenegro acontecem hoje com normalidade e com uma participação que, após quatro horas de votação, ao meio-dia (hora local), chegava a 19%.

EFE |

As ONGs montenegrinas Centro Monitoring (Cemi) e Centro para a Transição Democrática (CDT) afirmam que, até o momento não foram registradas irregularidades, e só dois dos 1.155 colégios eleitorais no país não abriram as portas devido à neve que cai.

Os 498 mil cidadãos aptos a votar devem escolher 81 deputados do Parlamento montenegrino entre sete coalizões e nove partidos.

De acordo com as pesquisas, a Coalizão por um Montenegro Europeu, liderada pelo Partido Democrático dos Socialistas (DPS), do primeiro-ministro Milo Djukanovic, poderia conquistar a maioria absoluta.

Poucos acreditam na possibilidade de grandes mudanças no cenário político montenegrino, após um novo fracasso da oposição para se unir contra o adversário comum.

As eleições parlamentares foram antecipadas depois que, em dezembro, o país apresentou sua solicitação de adesão à União Europeia (UE).

O presidente do país, Filip Vujanovic, companheiro de Djukanovic no DPS, disse, ao votar em Podgorica, que a vitória da coalizão seria uma "mensagem clara da determinação do Estado a trabalhar para o bem dos cidadãos e para a continuação das integrações européias".

Ele afirmou que espera que a oposição colabore nos projetos para superar os efeitos da crise mundial.

Os colégios eleitorais, que abriram às 8h (3h de Brasília), fecharão às 16h (de Brasília), e primeiros resultados preliminares poderão ser anunciados poucas horas depois. EFE dp/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG