Eleições no Nepal têm participação de 60%; três pessoas morreram em conflitos

A participação nas eleições constituintes realizadas hoje no Nepal alcançou 60% em um dia com inúmeros incidentes violentos e nos quais três pessoas, entre elas um candidato, foram mortas.

EFE |

O chefe da Comissão Eleitoral, Bhoj Raj Pokharel, confirmou a informação sobre a participação em entrevista coletiva em Katmandu na qual explicou que um candidato independente morreu baleado pouco antes do fechamento dos colégios eleitorais na região de Sarlahi, que fica na planície de Terai.

Esta manhã outra pessoa morreu em um confronto entre militantes do Partido do Congresso Nepalês e do regionalista Fórum pelos Direitos do Povo Madhesi (MPRF, na sigla em inglês), disse um porta-voz do Ministério do Interior.

E uma hora após fechar os colégios eleitorais, um terceiro falecimento foi registrado em função de disparos da Polícia que tentava evitar o roubo das urnas quando elas eram transferidas para a sede da Comissão Eleitoral no distrito de Siraha (sul), disse o porta-voz.

Pokharel qualificou a jornada de hoje de "satisfatória" depois de informar que haviam sido registrados "poucos incidentes".

Estes episódios levaram à suspensão de 33 dos 9.821 colégios eleitorais de todo o país, sete deles em Sarlahi, segundo Pokharel, que recusou dar mais detalhes.

Alguns grupos armados do Terai haviam tentado boicotar o pleito na região, onde se concentra a importante minoria étnica "madheshi" do Nepal.

Com as vítimas de hoje, somam 23 as pessoas mortas desde que começou a campanha eleitoral no Nepal, três delas candidatos.

Em torno de 17,6 milhões de nepaleses foram convocados hoje às urnas para escolher os membros de sua Assembléia Constituinte, nas primeiras eleições desde 1999 e as quartas desde que a democracia multipartidária foi instaurada, em 1990.

Pokharel também afirmou que demorarão cerca de dez dias para a divulgação dos resultados oficiais.

Leia mais sobre: Nepal

    Leia tudo sobre: nepal

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG