Tamanho do texto

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, afirmou nesta sexta-feira acreditar em mudança no Irã, num dia de eleições no país, com os iranianos comparecendo em massa às urnas para eleger seu presidente num pleito muito disputado.

"Estamos entusiasmados de que haja, ao que parece, um forte debate no Irã", declarou Obama à imprensa.

A taxa de participação dos entre 46 milhões de eleitores cadastrados é considerada um fator fundamental para permitir que haja um segundo turno, ou inclusive que Mussavi, um conservador moderado, saia vitorioso no primeiro turno, tornando-se a segunda pessoa mais poderosa do país depois do guia supremo, o aiatolá Ali Khamenei.

Se nenhum candidato obtiver 50% mais um voto, será organizado um segundo turno no dia 19 de junho.

A campanha refletiu as profundas divisões sobre o futuro do Irã depois de quatro anos no poder de Ahmadinejad.

Seus adversários criticam sua retórica violenta durante a crise nuclear e contra Israel, o que contribuiu para isolar o país.

jkb/mdl/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.