Eleições mostram mudanças na Galícia e no País Basco

Madri, 1 mar (EFE).- As eleições realizadas neste domingo na Galícia e no País Basco, Espanha, trouxeram a mudança para ambas as comunidades autônomas, nas quais o conservador Partido Popular (PP) recuperou seu reduto galego e as forças não nacionalistas ameaçam pela primeira vez a hegemonia do Partido Nacionalista Basco (PNV).

EFE |

Na Galícia, com 98,61% dos votos apurados, o PP soma 39 cadeiras, uma a mais do que as 38 que formam a maioria absoluta que permite governar sozinho nessa região do noroeste da Espanha.

O Partido Socialista obteve 24 deputados e o Bloco Nacionalista Galego 12.

No País Basco, o resultado eleitoral pode representar uma reviravolta política histórica com o avanço das forças não nacionalistas que, pela primeira vez, somam mais votos e ameaçam a hegemonia do Partido Nacionalista Basco (PNV) que governa essa região há 29 anos.

Com 100% dos votos apurado, o PNV é o partido mais votado, com 30 cadeiras (tinha 22), mas as forças que o apoiavam no Governo de coalizão sofreram um retrocesso e seus três deputados não serão suficientes para ter a maioria absoluta, de 38 deputados. EFE mlg/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG