Eleições legislativas terminam com elevada participação

Moscou, 27 dez (EFE).- As eleições para a Câmara Baixa do Parlamento do Uzbequistão terminaram hoje com uma alta participação e sem incidentes, informou a Comissão Eleitoral Central (CEC) do país centro-asiático.

EFE |

Às 17h local (10h de Brasília) e faltando três horas para o fechamento dos colégios, 13,67 milhões de pessoas, 79,4% dos 17.215.700 cidadãos com direito a voto, tinham acudido às urnas.

As eleições foram declaradas válidas depois do meio-dia, após ter superado, com 57,3% de participação, a percentagem mínima obrigatória.

O vice-presidente da CEC, Kuchkor Togayev, declarou no meio da tarde que, "por enquanto não temos constância de nenhuma infração contra a lei eleitoral", informou de Tashkent a agência oficial russa "Itar-Tass".

O presidente uzbeque, Islam Karimov, se mostrou convencido de que durante as eleições observariam "estritamente os princípios da justiça e da transparência", segundo foi citado pelo serviço de imprensa da Presidência.

"Participando deste pleito, não só levamos à prática nosso direito ao voto, mas tomamos profunda consciência de nossas responsabilidades para com o futuro de nossa pátria", disse o presidente no momento de depositar seu voto.

Acrescentou que a realização do pleito sobre a base do pluripartidarismo e da alternativa é uma mostra da formação no país de um Estado democrático e de direito e da concordância total e absoluta do sistema eleitoral uzbeque com as normas internacionais.

"Nosso objetivo é criar um Estado democrático com uma sociedade civil desenvolvida e ocupar um lugar digno entre os países desenvolvidos do ponto de vista político e econômico. Estou convencido de que essa é a mais correta", afirmou. EFE egw/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG