Eleições em zonas afetadas por terremoto são adiadas

Votações aconteceriam nos dias 10 e 24 de abril; governo conta com "cooperação dos parlamentares"

EFE |

O governo do Japão anunciou neste domingo que adiará as eleições locais previstas para abril nos territórios mais afetados pelo terremoto da sexta-feira , cujos maiores danos se concentraram no nordeste do país.

Segundo disse o ministro do Interior japonês, Yoshihiro Katayama, citado pela agência local "Kyodo", o processo de mudar a data do pleito requer uma revisão legal, por isso que o governo "buscará a cooperação dos parlamentares".

A data programada para as eleições locais era 10 e 24 de abril. O pleito de 10 de abril é para renovar 44 assembleias provinciais, 13 governadores (incluindo o de Tóquio e Iwate, uma das mais danificadas pelo tsunami) e 20 Prefeituras.

Na fase seguinte das eleições, 24 de abril, devia-se escolher 88 prefeitos e numerosas corporações municipais.

    Leia tudo sobre: japãoterremotonucleartsunami

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG