Eleição transcorre sem incidentes na Macedônia

A maioria das seções eleitorais fechou as portas às 19h (15h de Brasília), neste domingo, na Macedônia, no primeiro turno da eleição presidencial, sem registro de incidentes, ou de irregularidades importantes, anunciou a Comissão Eleitoral.

AFP |

"As eleições transcorreram em um clima bom, sem incidentes e sem irregularidades importantes", disse aos jornalistas o presidente da Comissão Eleitoral, Aleksandar Novkovski.

"A maioria das seções eleitorais fechou às 19h (hora local), mas algumas dezenas permanecerão abertas até que os eleitores consigam votar, já que o começo da votação atrasou por causa das fortes nevadas", explicou o porta-voz da comissão, Zoran Tanevski.

Ao todo, 134 centros de votação não conseguiram abrir por causa da neve, o que representa menos de 1% do eleitorado, disse Novkovski.

A participação era de 48,73% dos eleitores inscritos, até as 17h (13h de Brasília), segundo o presidente do órgão, devendo alcançar 50% para que o processo seja considerado válido.

Esperava-se o comparecimento de quase 1,8 milhão de macedônios nas urnas, para eleger um novo presidente para os próximos cinco anos, além de prefeitos e vereadores das principais cidades.

Entre os sete candidatos à presidência, Georgi Ivanov, da conservadora Organização Revolucionária-Partido Democrático para a Unidade Nacional (VMRO-DPMNE), do premier Nikola Gruevski, é o mais bem colocado nas pesquisas.

Os resultados devem começar a ser divulgados hoje à noite.

O segundo turno da eleição presidencial, mais do que provável, está previsto para 5 de abril.

jmi-pg/tt

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG