Elefantes ficarão de fora de grande desfile militar da Índia

Nova Délhi, 16 jan (EFE).- O Governo indiano decidiu acabar com a tradicional e muito festejada presença de elefantes no grande desfile militar realizado em 26 de janeiro por causa do Dia da República, informou hoje à Agência Efe uma fonte do Ministério da Defesa indiano.

EFE |

A decisão foi tomada por motivos de "segurança", diante do crescente número de ataques desses animais por toda a Índia, disse Samir Sinha, porta-voz do Ministério da Defesa.

"Estivemos estudando a medida durante os últimos quatro anos, mas, até agora, não tínhamos tomado a decisão", disse Sinha, que a atribuiu "estritamente a motivos de segurança" e descartou que seja devido à pressão de grupos de defesa dos animais.

"Os elefantes estiveram atacando pessoas e propriedades privadas em todo o país, especialmente durante as festas religiosas em Kerala", lembrou o porta-voz.

Tornou-se frequente na Índia que os elefantes invadam povoados, destruam propriedades e inclusive causem a morte de aldeões.

Os animais costumam se aproximar das povoações que ficam dentro de suas rotas naturais de deslocamento atraídos pela elaboração de uma cerveja local cujo consumo os torna agressivos, disse à Agência Efe um ativista da defesa dos elefantes. EFE amp-ja/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG