Elefante se reabilita de seu vício por heroína depois de 3 anos de tratamento

Um elefante drogado com heroína por traficantes de animais conseguiu se reabilitar em um centro de desintoxicação no sul da China, informaram nesta quinta-feira os meios de comunicação locais.

AFP |

Os traficantes utilizaram a droga para atrair e captura Xiguang, de 4 anos, junto com outros elefantes asiáticos que estão em extinção, segundo a agência Xinhua.

Em 2005 a polícia prendeu os traficantes na fronteira chinesa sino-birmanesa e detectou que Xiguang apresentava todos os sintomas de dependência da heroína e o paquiderme foi enviado para reabilitação na ilha de Hainan (sul da China).

Ao fim de três anos de tratamento no centro de proteção aos animais selvagens, Xiguang será transferido para uma reserva na província de Yunnan, sudoeste do país.

O elefante asiático é uma espécie em extinção que tem de 25.600 a 32.750 representantes no mundo segundo o Fundo Mundial para a Natureza (WWF), é é presa dos caçadores de marfim e da coabitação com os seres humanos.

mbx-frb/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG