Elefante que pisou em mina ganha prótese de perna

Mosha, um elefante de 3 anos de idade, ganhou uma prótese na perna dianteira direita. A elefante perdeu a pata quando tinha apenas sete meses, ao pisar numa mina terrestre em Mianmar, perto da fronteira com a Tailândia.

BBC Brasil |

A região é cheia de minas, herdadas de quase meio século de luta de guerrilhas.

A fundação dos Amigos do Elefante Asiático instalou a prótese no último fim de semana na cidade de Lampang, na Tailândia.

Ainda em 2007, Mosha já tinha recebido uma prótese, no Hospital para Elefantes de Lampang, mas ela cresceu e precisava de uma perna maior.

A nova perna de Mosha é ajustável e portanto deve acompanhá-la pelo resto da vida.

Mas Mosha não é a única elefante vítima de minas terrestres. Motola, de 48 anos, também pisou numa delas há dez anos e deveria ter sido a primeira a ganhar uma prótese, mas as feridas levaram muito tempo para cicatrizar.

Dez anos depois, a elefante que virou símbolo do sofrimento causado pelas minas aos animais, finalmente vai ganhar uma nova perna dianteira esquerda.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG