El Salvador não se alinha com Chávez e seguirá exemplo de Lula, afirma Funes

A política externa de El Salvador não está regida por questões ideológicas e não se alinha com o governo do presidente da Venezuela, Hugo Chávez, afirmou o presidente salvadorenho, Mauricio Funes, que se manifestou a favor do exemplo do brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva.

AFP |

"Não somos guiados por questões ideológicas nas relações internacionais, e sim pelos interesses de meu país", afirmou Funes em uma entrevista concedida ao jornal chileno El Mercurio desta segunda-feira.

"A política de El Salvador é de não-alinhamento e de não-ingerência", afirmou o mandatário centro-americano, que na tarde desta segunda-feira chegará ao Chile para realizar a primeira visita de Estado desde que tomou posse no dia 1o de junho.

Consultado a respeito das relações de seu país com a Venezuela, Funes disse que há temas de interesse comum e de cooperação.

Funes se mostrou, no entanto, mais próximo do presidente brasileiro.

"O presidente Lula é o exemplo de como se deve articular na democracia o crescimento econômico com a inclusão social. Esse é o verdadeiro desenvolvimento ao qual aspiro", afirmou.

Funes ficará no Chile até quarta-feira.

nr/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG