El Baradei apóia pacto de cooperação nuclear entre Índia e EUA

Berlim, 17 abr (EFE).- O diretor da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), Mohamed El Baradei, defendeu hoje o pacto de cooperação nuclear anunciado pelos EUA e a Índia, iniciativa que ele acredita que aumentará a eficácia e segurança do uso desta energia no país asiático.

EFE |

"Desde o princípio defendi este pacto, pois prevê condições e garantias muito rígidas", declarou El Baradei, que hoje inaugurou em Berlim uma conferência internacional sobre os desafios do fornecimento de combustível nuclear.

Ele acrescentou que este acordo garantirá à Índia, uma das potências nucleares do planeta, o acesso a uma tecnologia nuclear de uso civil mais moderna, limpa e, sobretudo, mais segura.

Segundo ele, este acordo não é contrário ao Tratado de Não-Proliferação de Nuclear (TNP) nem representa uma violação do mesmo.

El Baradei, que insistiu muito nas garantias e no aspecto de segurança, reconheceu o direito da Índia de potenciar o uso da energia nuclear com fins civis com o argumento de que "não se pode ignorar as necessidades de um sexto da população mundial". EFE cv/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG