Egito volta a fechar a passagem de Rafah ante possíveis ataques aéreos de Israel

O Egito voltou a fechar na tarde desta terça-feira a passagem de Rafah para a Faixa de Gaza em previsão de possíveis ataques aéreos israelenses em sua fronteira com o território palestino, segundo um funcionário dos serviços de segurança.

AFP |

"A passagem foi fechada porque esperamos por bombardeios israelense contra os túneis destinados para o contrabando entre o Egito e a Faixa de Gaza", declarou a fonte, acrescentando que a presença policial fo reforçada na fronteira.

Anteriormente, o presidente egípcio, Hosni Mubarak, descartou a abertura permanente da passagem de fronteira de Rafah, entre o Egito e Gaza, na ausência de representantes da Autoridade Palestina e observadores da União Européia (UE).

"Nós, no Egito, não vamos contribuir para a consolidação da divisão (entre a Autoridade Palestina e o Hamas) abrindo a passagem de fronteira de Rafah na ausência da Autoridade Palestina e dos observadores da UE e em contradição ao acordo de 2005", disse Mubarak em um discurso exibido na TV.

mon/fp/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG