Egito tenta impedir que presidente do Sudão seja preso

Cairo, 4 mar (EFE).- O Egito pediu hoje a realização de uma reunião extraordinária do Conselho de Segurança da ONU para atrasar a execução da ordem de prisão do presidente sudanês, Omar Hassan Ahmad al-Bashir, informou a agência oficial Mena.

EFE |

Segundo a agência, o ministro de Relações Exteriores egípcio, Ahmed Aboul Gheit, anunciou que seu país solicitou ao Conselho de Segurança da ONU que "assuma sua responsabilidade na manutenção da paz e a estabilidade no Sudão nesta etapa crítica de sua história política".

O TPI emitiu hoje uma ordem de prisão contra Al-Bashir por crimes de guerra e de lesa-humanidade na região de Darfur -onde 300 mil pessoas morreram em uma série de conflitos desde 2003-, em uma decisão que já foi rejeitada pelo Governo sudanês.

Gheit pediu ao Conselho de Segurança que aplique o artigo 16 do regulamento do TPI, que permitiria atrasar a execução da ordem. EFE aj/jp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG