Egito pede a Israel que não lance operação terrestre em Gaza

O Egito pediu nesta sexta-feira a Israel que desista de conduzir uma operação terrestre na Faixa de Gaza, anunciou o ministério egípcio das Relações Exteriores.

AFP |

O chefe da diplomacia egípcia, Ahmed Abul Gheit, enviou uma carta neste sentido a sua colega israelense, Tzipi Livni, através do embaixador egípcio em Tel Aviv, informou o ministério em comunicado.

O Egito pediu que "Israel se abstenha de operações terrestres na Faixa de Gaza" e suspenda imediatamente todas as operações militares em Gaza.

O porta-voz do ministério, Hossam Zaki, destacou no comunicado que o Egito manteve contatos com o movimento radical islâmico Hamas para expor suas idéias e tentar encontrar uma solução para a crise.

"As autoridades egípcias estabeleceram contatos com os dirigentes do Hamas para estudar propostas de cessar-fogo", declarou.

Questionado pela AFP, Zaki não soube dizer se estes contatos envolveram membros do Hamas na Faixa de Gaza ou no exílio em Damasco.

Terça-feira, Abul Gheit destacou que pretendia apresentar um plano de ação baseado em "um cessar-fogo imediato, um retorno à trégua, a abertura dos pontos de passagem e um mecanismo internacional ou árabe para garantir a aplicação completa deste acordo".

an/yw

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG