Egito fecha passagem com Gaza após 4 dias de trânsito liberado

Cairo, 22 abr (EFE).- As autoridades egípcias fecharam hoje o posto fronteiriço de Rafah, entre o Egito e a Faixa de Gaza, após mantê-lo aberto por quatro dias consecutivos ao trânsito de pessoas e mercadorias em ambos os sentidos, segundo a agência oficial de notícias Mena.

EFE |

Nesses quatro dias, 2.826 pessoas deixaram Gaza em direção ao Egito, a maioria palestinos que vivem em outros países, estudantes e doentes que viajaram para receber tratamento médico fora do território palestino, disseram fontes governamentais citadas pela "Mena".

No mesmo período, uma grande quantidade de medicamentos e de outros produtos não especificados pelas fontes também cruzaram a fronteira.

O posto fronteiriço de Rafah, a única passagem que liga o Egito à Faixa de Gaza, permanece fechado desde junho de 2007, quando o Hamas tomou à força o controle da faixa territorial, que se encontrava em mãos do Fatah.

Desde então, as autoridades egípcias abrem o posto esporadicamente, tanto para a passagem de pessoas como para o transporte de mercadorias.

O Egito disse que só reabrirá a fronteira quando a disputa entre os islâmicos do Hamas e os nacionalistas do Fatah for solucionada.

EFE nq/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG