Egito espera começar hoje negociação para libertar navios sequestrados

Cairo, 14 abr (EFE).- As autoridades egípcias esperam começar nas próximas horas as gestões para a libertação dos dois navios pesqueiros sequestrados recentemente por piratas somalis, informaram hoje fontes oficiais.

EFE |

O porta-voz do Ministério de Exteriores egípcio, Hosam Zaki, disse à Agência Efe que as negociações com os piratas devem começar hoje e que, através delas, será possível saber sobre o estado de saúde dos 24 tripulantes das embarcações.

O Ministério de Exteriores egípcio confirmou ontem que os dois navios tinham sido atacados por piratas somalis em frente ao litoral norte da Somália, mas não precisou a das abordagens.

Hoje, veio a informação sobre o sequestro de uma embarcação grega com 22 tripulantes no Golfo de Áden.

Com estes fatos, sobe para 11 o número de abordagens piratas nos últimos 15 dias.

Em 2008, mais de 80 navios - frente aos 31 de 2007 - foram vítimas dos ataques das piratas no Chifre da África, que chegaram a reter 17 embarcações simultaneamente enquanto negociavam resgates que, segundo um relatório da ONU, alcançaram os 24 milhões de euros.

Atualmente, e após o último sequestro confirmado hoje, os piratas retêm 20 navios de diversas nacionalidades, com cerca de 300 tripulantes a bordo, dos quais 100 são filipinos, segundo organizações de assistência e vigilância da navegação. EFE jfu/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG