Egito e R.Unido analisam situação em Gaza e diálogo palestino

Cairo, 25 fev (EFE).- Os Governos do Egito e do Reino Unido analisaram hoje a situação na Faixa de Gaza após os recentes ataques israelenses e os esforços para a reconciliação palestina, informaram fontes oficiais.

EFE |

A análise foi feita em reunião mantida hoje no Cairo entre o ministro de Assuntos Exteriores egípcio, Ahmed Aboul Gheit, e seu colega britânico, David Miliband, informou o porta-voz do ministério egípcio, Hosam Zaki.

A reunião foi prévia à cúpula para a reconstrução de Gaza que será realizada na próxima segunda-feira na localidade egípcia de Sharm el-Sheikh, uma iniciativa que também foi estudada durante as conversas dos dois ministros.

"Na reunião, Aboul Gheit explicou ao ministro britânico os esforços feitos pelo Egito (para mediar entre palestinos e Israel com vistas a um cessar-fogo) e o desenvolvimento das gestões a favor da reconciliação palestina", acrescentou Zaki.

Em declarações aos jornalistas, Miliband se referiu a esta reconciliação, que será analisada amanhã pelos diferentes grupos palestinos em reunião no Cairo.

Miliband qualificou essa iniciativa de "extremamente importante" quanto aos esforços palestinos para estabelecer um Estado independente "como parte de um Oriente Médio estável e mais seguro".

"Acho que é necessária a reconciliação palestina para que leve à formação de um Governo unificado, capaz de construir a economia palestina, e também para preparar as eleições do próximo ano", acrescentou o ministro britânico.

Zaki, em suas declarações aos jornalistas, também insistiu em que os palestinos coloquem os interesses de seu povo "acima de qualquer outra consideração", para que possam conseguir uma completa reconciliação. EFE nq/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG