Egito e Hamas estudam postura definitiva do grupo sobre plano egípcio

Cairo, 24 abr (EFE).- Uma delegação do movimento islâmico Hamas se reuniu hoje no Cairo com o chefe dos serviços de inteligência egípcios, Omar Suleiman, para estudar a postura definitiva do grupo a respeito do plano proposto pelo Egito para mediar entre palestinos e israelenses.

EFE |

Segundo a agência oficial de notícias egípcia "Mena", durante a reunião foi analisada a postura do Hamas a respeito desse plano, que busca acalmar a situação para deter as agressões entre as duas partes, levantar o bloqueio israelense sobre a Faixa de Gaza e reativar o processo de paz, entre outros.

Um responsável egípcio disse à "Mena" que o êxito de seu país para tranqüilizar a situação terá reflexo positivo em assuntos como a suspensão do bloqueio à Faixa de Gaza, a retomada do diálogo entre os palestinos e a troca de prisioneiros pelo soldado israelense Gilad Shalit, em poder de milícias palestinas desde junho de 2006.

Além disso, disse a vitória da mediação egípcia também contribuirá para diminuir a tensão para o êxito das negociações entre israelenses e palestinos.

A delegação liderada por Mahmoud Zahar - ex-ministro de Exteriores da Autoridade Nacional Palestina (ANP) - chegou nesta quarta-feira à noite ao Cairo para continuar as conversas com os responsáveis egípcios.

Na semana passada, a mesma delegação se reuniu com Suleiman para partir pouco depois rumo à Síria, a fim de informar sobre a proposta egípcia ao chefe do escritório político do Hamas, Khaled Meshaal, que vive em Damasco. EFE jfu/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG