Cairo, 29 abr (EFE).- O Governo egípcio decidiu hoje sacrificar toda o gado suíno do país, calculado em 300 mil cabeças, informa a agência de notícias governamental Mena.

O presidente do Egito, Hosni Mubarak, realizou hoje uma reunião com o comitê do Ministério da Saúde encarregado de estudar a possível incidência da gripe suína no país, após a qual a decisão foi anunciada, segundo a agência oficial.

Esta é a primeira iniciativa deste porte adotada por um Governo desde o surgimento do foco de gripe suína no México. EFE aj-jrg/bba

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.