Egito convida grupos palestinos a assinar acordo no Cairo depois do Ramadã

Cairo, 23 ago (EFE).- As autoridades egípcias convidaram as facções palestinas a assinar um acordo de reconciliação no Cairo depois da festa muçulmana do Fetr, que será realizada no próximo mês após o fim do Ramadã, informou hoje o jornal Al-Ahram.

EFE |

Segundo o periódico estatal egípcio, que cita fontes "responsáveis" sem identificar, o Egito, que media as conversas de reconciliação entre as facções palestinas lideradas por Fatah e Hamas, decidiu continuar o diálogo para pôr fim às divergências entre estes grupos, com o objetivo de assinar um acordo.

As próximas reuniões, que acontecem em Ramala e Damasco, cidade na qual estão no exílio alguns dirigentes do movimento palestino Hamas, abrirão caminho para assinar um acordo de reconciliação, que em princípio estava previsto para o próximo dia 25 de agosto.

A decisão de adiar a assinatura do acordo foi tomada após reuniões que aconteceram desde segunda-feira passada e após se reunir com o presidente palestino, Mahmoud Abbas, acrescentou o jornal.

Hamas e Fatah começaram em março passado conversas de reconciliação com outras facções, que até agora não registraram nenhum progresso.

O conflito entre Hamas e Fatah começou depois que o movimento islamita tomou o controle da Faixa de Gaza em junho de 2007, após despejar dali pela força os membros do Fatah. EFE hh/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG