Egito: bebê de 18 meses é vítima da gripe aviária

Um bebê de 18 meses contraiu o vírus altamente patogênico H5N1, da gripe aviária, e foi hospitalizado na província de Minya (centro do Egito), anunciou o Ministério da Saúde, acrescentando que se trata do 55º caso no país, desde 2006.

AFP |

O bebê, identificado como Suleimane Abul Wafa, encontra-se "em situação estável", de acordo com nota divulgada pela agência oficial de notícias Mena.

A criança apresentou os primeiros sintomas da doença, na sexta-feira, depois de ter sido exposto a restos de pássaros, acrescentou a nota.

Dos 55 casos registrados no território, 23 terminaram em óbitos, sendo a última vítima fatal em dezembro passado.

A maioria das vítimas de gripe aviária no Egito, a nação mais populosa do mundo árabe, com 80 milhões de habitantes, é formada por mulheres e crianças, grupos que estão, mais freqüentemente, em contato com as aves.

    Leia tudo sobre: gripe aviária

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG