Egito anuncia 1º caso da gripe

Cairo, 2 jun (EFE).- As autoridades sanitárias do Egito anunciaram hoje o primeiro caso de gripe suína no país, em uma menina de 12 anos, de nacionalidade americana e origem egípcia, e que chegou na segunda-feira em um voo procedente dos Estados Unidos.

EFE |

O ministro da Saúde egípcio, Hatem al-Gabali, disse, em entrevista coletiva, que a paciente chegou com a mãe ao Egito para passar férias, e que seu voo fez escala em uma cidade europeia que não detalhou.

A menina, cuja identidade não foi divulgada, foi transferida a um hospital depois que os médicos do aeroporto detectaram, com a ajuda de um monitor térmico, que ela tinha febre e congestão nasal.

O caso foi confirmado após exames nos laboratórios do Ministério da Saúde.

No Oriente Médio, até hoje, foram detectados casos de gripe suína em Israel, Kuwait, Líbano e Barein. No mundo todo, a doença chegou a 62 países e afeta mais de 17 mil pessoas.

Apesar do nome, a gripe suína não apresenta risco de infecção por ingestão de carne de porco e derivados. EFE aj/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG