Washington, 17 nov (EFE) - O senador Edward Kennedy, bastião da ala liberal do Partido Democrata, retornou hoje ao Senado dos Estados Unidos disposto, segundo disse, a trabalhar com o Governo de Barack Obama para impulsionar uma reforma do sistema de saúde.

Acompanhado da esposa, Victoria, o senador democrata de Massachusetts, que foi operado de um tumor cerebral maligno, disse que espera "trabalhar com Barack Obama sobre o (sistema de) cuidado de saúde e trabalhar com toda a Administração sobre nossa agenda" legislativa.

O senador, de 76 anos, voltou hoje à Câmara Alta exatamente seis meses após ter sofrido uma convulsão em casa em Hyannis Port, como conseqüência do tumor com o qual foi diagnosticado pouco depois, em maio.

Kennedy, acompanhado dos dois cachorros, foi recebido hoje por dezenas de membros do Senado e por fotógrafos e jornalistas.

Com a voz um pouco debilitada, Kennedy agradeceu pelas orações e demais expressões de apoio que recebeu de seus colegas e do público durante sua recuperação, após uma bem-sucedida cirurgia em junho.

O senador também disse estar "entusiasmado" em retornar para o início da curta sessão pós-eleitoral, conhecida em inglês como "lame duck", para trabalhar em vários assuntos pendentes, como um novo plano de estímulo econômico para combater a crise atual.

Mais tarde, em comunicado, Kennedy disse que continuará fixando as bases para que o Congresso trabalhe o mais rápido possível em uma reforma do sistema de saúde, quando Obama tomar posse como o 44º presidente dos Estados Unidos, em 20 de janeiro.

"Estivemos registrando um verdadeiro progresso em nossas discussões sobre uma solução pactuada, e confio em que teremos êxito", disse.

Após a operação, Kennedy desafiou as previsões e, em 9 de junho, compareceu ao plenário do Senado, onde foi recebido com uma longa ovação.

Depois, surpreendeu por sua inesperada participação na Convenção Nacional Democrata em Denver, Colorado, em agosto, onde fez um enérgico discurso de apoio a Obama. EFE mp/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.