Edward Kennedy anima Convenção Democrata

O veterano senador Edward Kennedy chegou de surpresa nesta segunda-feira à Convenção Nacional do Partido Democrata, que formalizará a candidatura de Barack Obama às eleições presidenciais de novembro nos Estados Unidos, constatou a AFP no local.

AFP |

"Amigos democratas, amigos americanos: é tão maravilhoso estar aqui (...) Nada, nada teria me impedido de estar nesta reunião", disse o senador por Massachusetts, que enfrenta um câncer de cérebro.

Ted Kennedy, que foi várias vezes interrompido por aplausos, pediu votos para o candidato democrata e prometeu que estará presente no Senado em janeiro próximo, para ouvir o juramento do "presidente Obama".

"Em novembro, será entregue a tocha, outra vez, a uma nova geração de americanos, de modo que para Obama, para vocês e para mim, nosso país estará comprometido com sua causa", disse um enérgico Kennedy, que chegou andando ao palco, acompanhado da esposa Vicki.

"O trabalho vai recomeçar, voltará a esperança e o sonho seguirá", declarou o senador, que assumiu em 1962 a cadeira do irmão John, um ano antes do assassinato do presidente.

Caroline Kennedy, filha de John Kennedy, associou o nome de Obama ao do seu pai e ao do tio Edward.

"Estou aqui para homenagear dois homens que mudaram minha vida: Barack Obama e Edward Kennedy", disse Caroline em Denver.

"Suas histórias são muito diferentes, mas eles dividem o mesmo engajamento pelo eterno ideal americano por justiça e igualdade, pela defesa do bem público, dos valores e da família. Dois líderes como eles raramente aparecem, uma ou duas vezes por geração", destacou Caroline Kennedy, de 50 anos, em seu discurso na Convenção.

Após a operação para retirar o tumor, no início de junho, Ted Kennedy tinha feito apenas uma aparição pública, no Senado, onde representa o Estado de Massachusetts.

No momento, o senador Kennedy é submetido a radioterapia e a quimioterapia.

Respeitado por republicanos e democratas, Ted Kennedy foi vítima de um acidente cerebral em maio, quando os médicos diagnosticaram o tumor maligno no cérebro.

Apontado como um dos homens mais produtivos do Senado, Edward Kennedy defende um melhor sistema de saúde, os direitos dos trabalhadores e a reforma da imigração.

aje/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG