Editora de Harry Potter nega as acusações de plágio contra J.K. Rowling

A autora da bem sucedida saga juvenil Harry Potter, J.K Rowling, jamais teve conhecimento de uma denúncia que a acusava de ter plagiado a obra, afirmou nesta terça a Bloomsbury, a companhia que edita os livros.

AFP |

Os herdeiros do escritor já falecido Adrian Jacobs abriram um processo judicial ante a Alta Corte de Londres contra a editora por violação dos direitos autorais, alegando que o quarto volume das aventuras do jovem mago, "Harry Potter e o cálice de fogo", apresenta muitas semelhanças com "The Adventures of Willy the Wizard Nº1 -- Livid Land".

Segundo a editora, J.K. Rowling não ouviu falar do autor e jamais leu algum de seus livros, afirmando que a denúncia não quer qualquer fundamento.

J.K. Rowling, de 43 anos, ganhou cerca de 590 milhões de euros gra;cas a seus livros e aos lucros gerados pelos filmes baseados neles, segundo a lista das grandes fortunas de 2009, publicada pelo jornal britânico Sunday Times.

gj/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG