Editora americana cancela livro sobre esposa do profeta Maomé

Uma editora americana cancelou o lançamento de um romance sobre a mais jovem esposa do profeta muçulmano Maomé, em meio a uma crescente polêmica sobre o livro.

AFP |

"The Jewel of Medina" ("A Jóia de Medina"), obra-prima da jornalista Sherry Jones sobre Aisha, namorada da infância de Maomé, deveria ser publicado nos Estados Unidos na semana passada.

A editora Random House, no entanto, cancelou o contrato com a autora, e esta anunciou que procura uma editora em outro país para negociar os direitos de sua obra.

"A Random House decidiu cancelar a publicação nos Estados Unidos de 'The Jewel of Medina', após muitas deliberações e com grandes reticências", informou a editora em comunicado enviado à AFP.

"A decisão se baseou em advertências de estudiosos do Islã, entre várias fontes confiáveis, sobre o fato de que o lançamento deste livro poderia ser ofensivo para alguns membros da comunidade muçulmana e incitar atos de violência liderados por pequenos segmentos radicais", explica o texto.

Jones disse ao jornal The Washington Post que ficou chocada quando a Random House justificou sua decisão afirmando que um professor advertiu sobre possíveis represálias caso o livro fosse publicado.

"Dado o respeito com que trato o profeta muçulmano, nunca pensei que pudessem me matar por isso. E continuo achando isso", disse a autora.

mes/ap/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG