É possível acreditar em Deus e em ETs, diz diretor do Vaticano

Cidade do Vaticano, 13 mai (EFE) - O diretor do Observatório Astronômico do Vaticano, conhecido como Specola, o jesuíta argentino José Gabriel Funes, afirmou que é possível acreditar em Deus e nos extraterrestres. Pode-se admitir a existência de outros mundos e outras vidas, inclusive mais evoluída que a nossa, sem por isso questionar a fé na criação, na encarnação e na redenção, disse. É possível crer em Deus e nos extraterrestres, ressaltou Funes, de 45 anos, em entrevista ao jornal vaticano LOsservatore Romano. O jesuíta argentino afirmou que a astronomia aproxima o homem de Deus e ressaltou que é um mito considerar que essa ciência favorece uma visão atéia do mundo. Funes destacou que o Universo não é infinito, que tem 14 bilhões de anos e que a teoria do Big Bang é a que melhor explica, até agora, a origem do mundo. Questionado sobre se a teoria do Big Bang reforça ou contradiz a visão de fé baseada no que conta a Bíblia, Funes disse que, como astrônomo, continuo achando que Deus é o criador do Universo e que nós não somos frutos da casualidade, mas filhos de um bom pai, o qual tem para nós um projeto de amor. Funes afirmou também que os astrônomos sustentam que o Universo é formado por 100 bilhões de galáxias, cada uma das quais composta por 100 bilhões de estrelas e que muitas delas ou quase todas podem ter planetas. Como pode-se excluir que a vida não tenha se desenvolvido em outras partes?, perguntou Funes, que acrescent...

EFE |

Parafraseando São Francisco, o religioso acrescentou que se chamamos as criaturas da Terra de "irmão" e "irmã", "por que não podemos falar de um 'irmão extraterrestre', já que faria parte da criação?".

Já ao ser perguntado sobre se a redenção também serve para esses "irmãos extraterrestres", Funes afirmou que Jesus encarnou uma vez e que a encarnação é um evento único e não repetível e que tem certeza que essas eventuais seres também teriam a misericórdia de Deus. EFE jl/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG