É contraproducente criticar resultados de Copenhague, diz Merkel

A chanceler alemã, Angela Merkel, disse neste domingo que é contraproducente apenas criticar a conferência de Copenhague sobre o clima.

AFP |

"Quem se limita a criticar a reunião de Copenhague se une aos que freiam o processo em vez de contribuir" para a luta contra o aquecimento global, declarou Merkel neste domingo ao jornal Bild am Sonntag.

"Copenhague é um primeiro passo na direção de uma nova ordem climática mundial, nada mais, nada menos", acrescentou a chanceler, considerada uma das dirigentes europeias mais envolvidas e mais influentes na questão do clima.

Merkel, que propôs a organização de uma reunião sobre o clima em junho de 2010 em Bonn (oeste da Alemanha) para preparar a próxima cúpula climática, prevista para o fim de 2010 no México, lançou um apelo a "construir em cima dos resultados de Copenhague".

"É o que vai fazer a Alemanha em Bonn", afirmou.

Em 2007, durante a cúpula do G8 em Heiligendamm, Merkel obteve concessões do então presidente americano, George W. Bush, sobre o clima, ganhando da imprensa alemã o apelido de "chanceler do clima".

pan/yw

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG