Duquesa de York é processada por suposta inadimplência

Londres, 8 abr (EFE).- Sarah Ferguson, duquesa de York e ex-nora de Elizabeth II, responderá perante a Justiça britânica por uma suposta falta de pagamento de uma fatura a uma empresa de advogados que a ajudava em seu projeto de levar os personagens de seus livros infantis para as telas de televisão.

EFE |

O escritório Davenport Lyons, que conta com um departamento que administra os aspectos legais, desde direitos autorais até comercialização de filmes e séries de televisão, entrou na Justiça contra a ex-esposa do príncipe Andrew.

O conflito começou porque Ferguson, ex-cunhada do príncipe Charles, supostamente não pagou uma fatura de 100 mil libras ao escritório.

Em outubro a empresa britânica Handmade anunciou um acordo com a duquesa para comprar os direitos de comercialização dos livros para crianças, assim como da "marca" da ex-membro da realeza britânica nos EUA e no Canadá. No entanto, a empresa suspendeu o projeto em janeiro.

Por enquanto, nem o porta-voz da duquesa nem Davenport Lyons fizeram comentários a respeito. EFE prc/pb

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG