Duma ratifica pactos de cooperação e defesa com Ossétia do Sul e Abkházia

Moscou - A Duma (Câmara Baixa do Parlamento russo) ratificou hoje por unanimidade os tratados de amizade, cooperação e assistência mútua em caso de agressão com a Abkházia e Ossétia do Sul, regiões georgianas que Moscou reconhece como Estados independentes.

EFE |

A Rússia reconheceu a independência dessas regiões separatistas georgianas em 26 de agosto, depois que as tropas russas expulsaram o Exército da Geórgia da Ossétia do Sul e se instalaram no território do outro país.

"Ao referendar esta decisão juridicamente, mediante tratados, garantimos a impossibilidade de que a parte georgiana repita ações de força, uma aventura militar, uma agressão como a que vimos na noite de 7 a 8 de agosto", disse Konstantin Kosachov, chefe da Comissão de Assuntos Internacionais da Duma.

Naquela noite, as tropas georgianas entraram na Ossétia do Sul, ação que, segundo o Governo de Tbilisi, foi empreendida após ter notícias de que efetivos militares russos começavam a chegar à região separatista.

Kosachov se mostrou convencido de que, com sua intervenção na Ossétia do Sul, condenada pela comunidade internacional, a Rússia "salvou dezenas, centenas e, talvez, milhares de vidas".

"Temos certeza de que, apesar das conhecidas divergências entre a Rússia e uma série de países, o direito moral está do nosso lado", disse o legislador, citado pela agência oficial russa "RIA Novosti".

Leia mais sobre: Rússia

    Leia tudo sobre: rússia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG