Duelo brasileiro dá medalha a Márcio e Fábio Luiz no vôlei de praia

O duelo entre brasileiros na semifinal do vôlei de praia masculino na Olimpíada de Pequim terminou com a derrota dos favoritos e atuais campeões olímpicos Ricardo e Emanuel para a dupla formada por Márcio e Fábio Luiz. Com a vitória por 2 sets a 0 (22/20 e 21/18), Márcio e Fábio Luiz garantiram, no mínimo, a medalha de prata e se classificaram para disputar o ouro contra os americanos Phil Dalhausser e Todd Rogers.

BBC Brasil |

O bronze também ficará com brasileiros, mas corre o risco de entrar para o quadro de medalhas como uma conquista da Geórgia.

Isso porque Ricardo e Emanuel enfrentarão na disputa pelo terceiro lugar os paraibanos Renato Gomes e Jorge Terceiro, que representam a Geórgia em Pequim e disputam a competição com o nome de Geor e Gia.

Retrospecto
Na final contra os americanos, Márcio e Fábio Luiz terão a tarefa de tentar manter o título olímpico do vôlei de praia masculino no Brasil.

O esporte é disputado nos Jogos Olímpicos desde 1996, quando o Brasil conquistou o ouro e a prata no feminino, mas saiu sem medalha no masculino.

Quatro anos depois, em Sydney, o vôlei de praia brasileiro terminou a Olimpíada com duas medalhas de prata e uma de bronze. As duplas brasileiras foram às finais, mas acabaram derrotadas tanto no feminino como no masculino.

Em 2004, Ricardo e Emanuel conquistaram o ouro olímpico pela primeira vez para o vôlei de praia masculino. No feminino, Adriana Behar e Shelda perderam outra final e acabaram novamente com a prata.

Agora, em Pequim, o vôlei de praia feminino do Brasil não será um dos finalistas nos Jogos Olímpicos pela primeira vez desde 1996.

A dupla formada por Talita e Renata acabou derrotada na semifinal pelas americanas Kerri Walsh e Misty May e vai disputar apenas o bronze. As adversárias serão as chinesas Xue Chen e Zhang Xi.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG