Duas tempestades tropicais deixam 26 mortos em Moçambique

Mais de 125 mil pessoas foram atingidas; tempestades já se dissiparam

Agência Brasil |

Vinte e seis pessoas morreram e mais de 125 mil foram atingidas pela passagem de duas tempestades tropicais, já dissipadas, em Moçambique, segundo o último balanço oficial.

Do total de mortes, 15 foram registradas na província da Zambézia, no centro do país, atingida nos últimos dias pelo ciclone Funso, e as restantes ocorreram na província de Gaza, no Sul, afetada pela tempestade Dando, segundo informou o Centro Nacional Operativo de Emergência (Cenoe) de Moçambique.

Mais sobre Moçambique:

Vídeos: Reservas de carvão em Moçambique

Moçambique em desenvolvimento

Também foi registrada a morte de uma criança, nesta sexta-feira (27) no norte do país, arrastada pelas águas da forte chuva que caiu na capital de Cabo Delgado, mas sem relação com as duas tempestades tropicais.

Os ciclones afetaram mais de 25 mil famílias nas províncias de Sofala e Zambézia (Centro), e Inhambane, Gaza e Maputo (Sul), segundo a responsável pelo Cenoe. A maioria dos casos resultou de inundações, mas houve desabamentos e destruição total de milhares de habitações construídas com materiais precários.

As duas tempestades tropicais, que afetaram a maior parte da costa moçambicana nos últimos dez dias, já se dissiparam, mas estão mantidos os alertas e situações de emergência em algumas zonas, principalmente as localidades próximas aos mais importantes rios do Centro-Sul do país.

    Leia tudo sobre: ciclonetempestade tropicalmoçambique

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG