Duas irmãs cristãs morrem e mãe fica ferida por insurgentes em Mossul

Bagdá, 12 nov (EFE).- Duas irmãs cristãs morreram hoje e sua mãe ficou ferida devido aos tiros de insurgentes que invadiram a casa da família em Mossul, cerca de 400 quilômetros ao norte de Bagdá, segundo fontes do Ministério do Interior iraquiano.

EFE |

As fontes disseram que vários insurgentes encapuzados atacaram a casa onde as vítimas estavam, no nordeste de Mossul, capital da província de Ninawa.

Os rebeldes fugiram após o ataque e antes da chegada da Polícia ao local.

Segundo as fontes, é possível que esta família tenha sido atacada porque alguns de seus membros são funcionários nos escritórios governamentais de Ninawa.

Os cristãos de Mossul foram alvo no mês passado de uma onda de violência e ameaças de grupos radicais que causou a fuga de dezenas de famílias desta comunidade minoritária.

Após os ataques, o Governo iraquiano criou um comitê especial para investigar as intimidações sofridas pelos cristãos em Mossul, mas, até o momento, não anunciaram o resultado das investigações.

EFE am/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG