Cabul, 28 out (EFE).- Pelo menos doze supostos insurgentes morreram e outro foi detido durante um confronto contra tropas americanas sob comando da Força Internacional de Assistência à Segurança (Isaf) no centro do Afeganistão, informou hoje o comando dos Estados Unidos no país asiático.

O combate aconteceu na segunda-feira na província de Wardak, pouco depois que os insurgentes conseguiram atingir um helicóptero americano, que teve que realizar uma aterrissagem forçada.

O helicóptero, um UH-60 Blackhawk, sofreu o impacto de uma granada na cauda e teve que aterrissar, enquanto tropas de terra protegiam a área do incidente, segundo o comando.

Nesse momento, começou um combate entre as tropas americanas e vários insurgentes, no qual cinco supostos insurgentes talibãs morreram.

As tropas americanas iniciaram um rastreamento e mataram outros sete supostos insurgentes em um novo confronto.

Segundo o comando, não houve baixas entre as tropas e o pessoal do helicóptero foi retirado da zona, enquanto o aparelho foi levado a uma base da Isaf próxima.

Na segunda-feira, o porta-voz americano Johan Redfield reconheceu o ataque contra o helicóptero e a aterrissagem forçada, mas afirmou que o fato não causou baixas entre seus dez tripulantes.

Redfield afirmou que os insurgentes derrubaram o aparelho com armas leves, mas o comando precisou hoje que foi utilizado um lança-granadas. EFE lo/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.