Doze insurgentes morrem em um bombardeio da coalizão no Afeganistão

Cabul, 5 jul (EFE).- Pelo menos doze supostos talibãs morreram durante uma ofensiva aérea das tropas da coalizão multinacional liderada pelos Estados Unidos na província do Nuristão, no leste do Afeganistão, informou hoje o comando militar americano.

EFE |

Segundo um comunicado, um grupo de insurgentes disparou ontem contra as posições das tropas terrestres da coalizão, que responderam ao ataque com armas de fogo.

Os insurgentes entraram em dois veículos para tentar fugir do local e helicópteros militares lançaram uma ofensiva aérea na qual os automóveis ficaram completamente destruídos.

"O ataque dos helicópteros não atingiu outros alvos", afirma o comando dos EUA na nota.

Além disso, o comando militar afirma que receberam informação através da imprensa e que a operação causou vítimas civis, e acrescenta que estão em contato com as autoridades do país.

Também hoje, uma fonte oficial afegã informou quee pelo menos 22 civis, entre eles uma mulher e uma criança, tinham morrido em um bombardeio aéreo das tropas da coalizão no Nuristão.

Segundo esta última fonte, um grupo de insurgentes atacou a base militar da coalizão no distrito de Wanwegal e as tropas se defenderam da ofensiva com um bombardeio aéreo que atingiu dois veículos com civis.

As tropas da coalizão liderada pelos EUA, que atuam independente das forças da Otan, são fundamentalmente americanas e estão sob comando direto de Washington, mas, entre suas filas, também há alguns soldados britânicos e franceses, entre outros.

nh/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG