Dormir mais pode ajudar a emagrecer

Para emagrecer, dormir um pouco mais parece ser o melhor conselho, de acordo com vários estudos que associam falta de sono à obesidade.

AFP |

"Dormir mais pode ser um bom conselho para estabilizar o peso, ou emagrecer e, assim, lutar contra o sobrepeso e a obesidade", diz Karine Spiegel, pesquisadora em um organismo público francês (Inserm).

Se comer muito e não se mexer o suficiente têm um nítido papel no sobrepeso e na obesidade, dados recentes sugerem que não dormir o suficiente também seria um fator de risco amplamente subestimado.

Pelo menos 30 estudos desenvolvidos em sete países em amplos grupos populacionais mostram um vínculo entre a falta de sono e o sobrepeso, ou a obesidade, nos adultos e nas crianças, completa Spiegel, doutora em Neurociência.

Na segunda metade do século XX, o rápido aumento na freqüência da obesidade nos Estados Unidos se desenvolveu de forma paralela à diminuição progressiva do tempo dedicado a dormir, destacou a pesquisadora.

"Demonstramos que uma redução do sono (duas noites de quatro horas) estava associada a uma redução em 18% da leptina anorexígena (que corta o fome) e a um aumento de 28% da grelina, que, ao contrário, abre o apetite", explicou ela, referindo-se aos dois hormônios-chave produzidos à noite e que regulam a fome.

A grelina é segregada pelo estômago, e a leptina, pelas células adiposas.

"Essas modificações hormonais estavam, com efeito, associadas a um aumento da fome e do apetite", explicou.

BC/tt

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG